Em reunião com o SNA realizada nesta terça-feira (24), em São Paulo, o Snea (Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias) apresentou uma contraproposta para as reivindicações dos aeronautas com relação à renovação da Convenção Coletiva de Trabalho para 2017/2018.

Esta contraproposta será levada para deliberação da categoria em assembleia no próximo dia 30 de outubro, às 13h30. Veja o edital completo.

Entre os itens incluídos na contraproposta estão: reajuste dos itens econômicos; diárias internacionais; período oposto; passe livre; publicação de escala; franquia de bagagem; postergação da entrada em vigor de alguns itens da Nova Lei do Aeronauta (folga, monofolga, base contratual, publicação de escala e mudança de pagamento de km para hora).

Cabe lembrar que toda decisão é sempre tomada pelos tripulantes, em assembleia, e que a participação de todos é de extrema importância para o sucesso nas negociações.

Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação e participem de todas as deliberações.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas fará nesta terça-feira (24) uma rodada de negociação com o Snea (Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias) para a renovação da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) da aviação regular para 2017/2018.

A categoria definiu e aprovou sua pauta de reivindicações em assembleia realizada no último dia 21 de setembro.

Nas cláusulas econômicas, a reivindicação é de 5% de aumento em salários, pisos, diárias de alimentação nacionais, vale alimentação e seguro de vida. O percentual ficaria cerca de 2% acima do que é projeto atualmente para o fechamento do INPC no ano, de forma a garantir um ganho real. Para as diárias internacionais, foram reivindicados valores maiores para buscar a recomposição de falta de reajuste histórica.

Entre as cláusulas sociais, as principais reivindicações são:

- Fim do limite de assentos para o Passe Livre;
- Passe Livre nos ônibus das empresas para deslocamento entre aeroportos;
- Cursos e reuniões obrigatórias deverão constar das escalas e ser remunerados na mesma base da hora de reserva;
- 11 folgas mensais para tripulantes que voam widebody;
- Período oposto com dez folgas consecutivas (dentro das regulamentares) seis meses após o retorno das férias;
- Fim do teto para pagamento do vale alimentação;
- Prazo de cinco dias de antecedência para publicação das escalas durante todo o ano;
- Pagamento do período de tempo de solo entre etapas;
- Garantia de estabilidade de 90 dias após retorno do INSS;
- Garantia de franquia de bagagens para tripulantes em escala ou no uso do Passe Livre (sem cobrança);
- Homologação de termo de rescisão nas representações do SNA para aeronautas com mais de um ano de contrato.

As empresas já sinalizaram que reivindicarão a possibilidade de postergar a entrada em vigor de alguns itens da Nova Lei do Aeronauta, em troca de benefícios na própria CCT. Cabe lembrar, no entanto, que toda decisão é sempre tomada pelos tripulantes, em assembleia, e que a participação de todos é de extrema importância para o sucesso nas negociações.

O SNA espera que as conversas com o sindicato patronal evoluam da melhor forma possível para que possamos chegar a um acordo respeitando a data-base da categoria, que é 1º de dezembro.

Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação e participem de todas as deliberações

Diante da negativa do Aeroclube de São José dos Campos em negociar um acordo coletivo para seus instrutores de voo, o Sindicato Nacional dos Aeronautas ajuizou uma ação coletiva contra a instituição na última sexta-feira (20). 

O SNA vem adotando uma postura de buscar a via do diálogo e da construção do consenso com as escolas aeroclubes, envidando esforços no sentido de regularizar e qualificar a relação de emprego por intermédio da negociação em primeiro lugar —13 acordos coletivos para instrutores de voo já foram assinados desde março deste ano e dezenas estão em negociação.

Porém nem sempre as escolas têm interesse nesse ajuste, que depende de comum acordo das partes, e esbarramos na intransigência de instituições em firmar um acordo coletivo.

No processo contra o Aeroclube de São José dos Campos são pleiteados:

- Realização e/ou regularização das anotações na carteira de trabalho;
- Pagamento das diferenças salariais devidas, tendo como base o piso da categoria;
- Adicional de periculosidade;
- Adicional noturno;
- Pagamento especial decorrente do trabalho aos domingos e feriados;
- Respeito aos limites de jornada;
- Reembolso do CMA e CHT;
- Diárias de alimentação;
- Seguro de vida;
- Cesta básica.

O SNA ressalta que continuará trabalhando para a regularização dos contratos de trabalho em todos os aeroclubes e escolas de aviação do Brasil, de acordo com a previsão da lei específica da categoria de aeronautas.

Todos os aeronautas que tenham conhecimento de irregularidades que afetem os instrutores de voo de qualquer escola ou aeroclube do país podem fazer denúncias pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone 5531-0318 ramal 101.

 

O Sindicato Nacional dos Aeronautas vai realizar assembleia no próximo dia 30 de outubro, às 15h, para deliberar sobre a proposta de acordo oferecida pela Rio Linhas Aéreas nas ações contra a redução de força de trabalho iniciada pela empresa em 2015. Veja os endereços no edital: https://goo.gl/beae1E. 
 
A assembleia tem como propósito esclarecer dúvidas, prestar informações quanto aos cálculos de média salarial e, diante destas informações, deliberar sobre a proposta mediada pelo juízo.
 
Uma pesquisa on-line também já foi realizada.

 

Na última reunião realizada com a Azul Linhas Aéreas, o SNA tratou de novas denúncias dos tripulantes e solicitou posicionamento sobre temas ainda em aberto.

Entre as denúncias recebidas no último mês, destaca-se a transferência de comissários líderes para outras bases. A empresa afirmou que um comissário líder só pode ser transferido no mesmo cargo se não houver, na base de destino, comissário mais velho. Isto porque existe uma lista única de antiguidade —e havendo um comissário mais velho na base de destino, o aeronauta transferido não poderá assumir a vaga de líder. Constatada qualquer irregularidade na transferência dos comissários líderes, o SNA deve ser comunicado.

O sindicato também verificou a possibilidade de a empresa inserir nas escalas de serviço o agendamento do visto. Em resposta, a Azul informou que a solicitação deve ser realizada diretamente ao escalador, pois não haveria como inserir tais programações na escala planejada. Quanto aos pilotos que não tiveram tempo hábil para tirar o visto Delta e, por consequência, não foram inseridos no curso de outubro, a empresa se comprometeu a estudar cada caso e alocá-los na próxima turma disponível. 

Outro tema novo tratado foi a possibilidade de a empresa custear, para pilotos em treinamento inicial, os valores gastos com hotel em Campinas.

Por fim, também foi pauta de reunião a redução do pagamento do treinamento em solo. Nos últimos meses, o SNA recebeu inúmeras denúncias sobre a redução de 50% nas horas de treinamento, fato este apresentado à empresa, que se comprometeu a averiguar a situação.

Dentre os temas tratados anteriormente, destacamos a avaliação médica, que foi novamente inserida após a programação de voo. Nesses casos, a companhia afirmou que o aeronauta deve recusar a programação e comunicar a escala para avaliada uma realocação.

Sobre os dias em branco na escala e impossibilidade de recusar a alteração de programação, irregularidades que continuam ocorrendo nas escalas dos tripulantes, a companhia informou que já abriu um chamado para regularizar o sistema. No primeiro caso, a empresa reforçou que o aeronauta está desobrigado de qualquer atividade e, no segundo, o tripulante deve aceitar a alteração e comunicar a escala para que retome o status anterior.

A respeito do pagamento da escala publicada e executada, é importante esclarecer que o assunto já está sendo tratado nas reuniões. Contudo, diante da complexidade do tema, o SNA irá agendar uma nova data para avaliar as escalas dos tripulantes e o cálculo das possíveis diferenças salariais existentes.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo disposto no art. 22, “a” do estatuto da entidade sindical e observados os demais requisitos estatutários e legais, em especial o previsto no art. 20, § 1º, “b”, do estatuto sindical supracitado, convoca os Aeronautas associados e não associados, ex -empregados, desligados a partir de janeiro de 2015 da Empresa RIO LINHAS AÉREAS para Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 30 de outubro de 2017 às 15:00 horas em primeira convocação, e às 15:30 horas em segunda e última convocação, nos seguintes locais: São Paulo: Hotel Ibis Congonhas: R. Baronesa de Bela Vista, 801 - Vila Congonhas, São Paulo - SP, 04612-002, e Rio de Janeiro: Sede do SNA, localizada na Avenida Franklin Roosevelt, 194, Salas 802/805, Centro, Rio de Janeiro/RJ, CEP 20021-120, para a seguinte ordem do dia: Esclarecimentos e deliberação sobre a proposta de acordo realizada pelo juízo, nos autos dos processos nºs. 000106464.2015.5.09.0965 e 0001141-73.2015.5.09.0965.

Rio de Janeiro, 20 de outubro de 2017

Rodrigo Spader
Presidente

O Sindicato Nacional dos Aeronautas informa a todos que, devido a um problema técnico, o site da instituição não está acessível por meio do navegador Safari, nativo dos sistemas iOS e Mac OS (Iphones e Macs).

Estamos trabalhando para resolver a questão.

Caso você use aparelhos da Apple e precise entrar no site do SNA, sugerimos tentar usar qualquer outro navegador que não seja o Safari (Chrome, Firefox, Opera, Dolphin etc).

Contamos com a compreensão de todos e esperamos resolver o problema o mais breve possível.

A empresa de recutamento Proctor Aviation está em busca de comandantes de A320 para atuar em clientes na Índia e no Oriente Médio.

Veja abaixo os requisitos (em inglês):

Line Captain for our client in India:

Total flying hours: 4000hrs
Minimum Total PIC hours: 2000 hrs 
Minimum Pilot in command hours on A320 type: 500 hrs 
Minimum total Glass cockpit experience - 1000 hours 
Language Proficiency: English language level 4 and above
Pilot should have flown as PIC in the last 12 months and should not be above 60 years of age.

Line Captain for our clients in Middle East:

Total Flying Hours on jet: 7000 of which 3000 are to be logged on jet aircraft with a maximum takeoff weight of 30,000 kg or more.
Minimum Total PIC Hours on A320- 2000 hrs.
Maximum age restriction of 55 years at time of joining.
Language Proficiency: English language level 4 and above.
The date of last flight must be within the last 6 months.

Interessados devem se inscrever no link www.proctoraviation.com ou pelo mandar currículo para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Obs.: O SNA apenas divulga vagas e não tem responsabilidade por seu conteúdo.

SINDICATO NACIONAL DOS AERONAUTAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do SINDICATO NACIONAL DOS AERONAUTAS, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo disposto no art. 22, “a” do estatuto da entidade sindical e observados os demais requisitos estatutários e legais, em especial o previsto no art. 20, “b”, do estatuto sindical supracitado, convoca todos os instrutores de voo de Minas Helicópteros, para Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 24 de outubro de 2017, às 16:30 horas em primeira convocação, e às 17:00 horas em segunda e última convocação, no seguinte local: Aeroclube do Estado de Minas Gerais, localizado Rua Ocidente, n 100 - Aeroporto Carlos Prates, Padre Eustáquio, CEP 30730-560, Belo Horizonte/MG, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: proposta de Acordo Coletivo de Trabalho dos instrutores de voo.

Rio de Janeiro, 19 de outubro de 2017.

Rodrigo Spader
Presidente

Depois de 27 dias, os pilotos da Avianca Colômbia continuam em greve devido ao impasse na renovação de sua Convenção Coletiva de Trabalho.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas mais uma vez declara seu apoio aos colegas colombianos e rechaça as decisões do Ministério do Trabalho e da Autoridade Aeronáutica da Aviação Civil colombianos, que publicaram uma resolução permitindo que pilotos estrangeiros substituam os tripulantes em greve.

Além disso, o Tribunal Superior de Bogotá declarou a greve como ilegal, o que fere o direito constitucional de greve do país e também os acordos internacionais assinados pelo estado colombiano.

Os pilotos colombianos, apoiados pela ACDAC (Asociación Colombiana de Aviadores Civiles), pedem medidas para garantir maior segurança de voo e equiparação das condições de trabalho no país ao que é praticado internacionalmente pela própria Avianca.

É dever dos pilotos brasileiros apoiar os colegas colombianos, que declararam greve em busca de melhores condições de trabalho.

Como a Avianca cortou os salários dos pilotos, a ACDAC faz um apelo a todos que puderem ajudar para que depositem qualquer quantia, a ser distribuída entre os pilotos, na seguinte conta, em nome da ACDAC:

Bancolombia 601-630963-27, identificada com o NIT número 860014047-7, Código Swift. COLOCOE3MXXX.

O SNA se solidariza com os colegas e declara seu suporte a todas as ações e meios legais utilizados para que busquem garantir seus direitos.

Por fim, o SNA pede aos pilotos brasileiros da Avianca que, caso recebam convocação para realizar voos na Colômbia, entrem em contato para orientação sobre como proceder pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone 11 5531-0318 ramal 101.

VEJA O COMUNICADO DA ACDAC AO SNA: http://www.aeronautas.org.br/images/comunicado_acdac.pdf

O Sindicato Nacional dos Aeronautas informa que o Escritório Regional de Brasília ficará fechado entre os dias 23 de novembro de 2017 e 1º de janeiro de 2018.

As atividades do escritório voltarão ao normal no dia 2 de janeiro de 2018.

Em caso de necessidade, por favor entrar em contato com qualquer uma das outras sedes, subsedes e escritórios do SNA.

Veja endereços e telefones: https://goo.gl/lce2F7.