O Sindicato Nacional dos Aeronautas informa que terá início no dia 21 de maio o pagamento aos tripulantes da Gol dos valores referentes à ação do DRG, conforme o acordo firmado no processo nº 0103900-54.2008.5.10.0021. 

Tal acordo foi homologado no dia 23 de maio de 2017 pelo juiz responsável da 21ª Vara do Trabalho de Brasília-DF, após avaliação e aprovação do Ministério Público do Trabalho e aprovação dos trabalhadores em assembleia ―realizada no dia 20 de dezembro de 2016.

O pagamento dos valores foi feito pela empresa ao SNA em dez parcelas. Agora, com a quitação da última parcela, o sindicato fará o repasse integral dos valores, com correção monetária, aos tripulantes associados, não associados e herdeiros de tripulantes beneficiados.

Para os aeronautas associados ao SNA, foi desenvolvida uma plataforma digital que agilizará o pagamento, denominada SPP (Sistema de Pagamento de Processos).

O SPP é um sistema moderno e seguro, criado para facilitar a vida dos aeronautas associados, bem como dos aposentados associados, aeronautas associados afastados e ainda os aeronautas associados com contrato extinto no período de carência de seis meses.

Também será possível realizar o procedimento presencialmente em um dos escritórios da entidade.

Ressaltamos que é importante o associado estar com seus dados atualizados nos sistemas do SNA. É possível fazer a atualização on-line por meio do link http://aer.completo.com.br/recadastramento/.

Para os aeronautas não associados, o procedimento deverá ser realizado presencialmente em um dos escritórios do SNA ou por meio do envio dos documentos, com firma reconhecida, por correio, com aviso de recebimento (AR).

Em breve divulgaremos o link do SPP e demais instruções para o recebimento dos valores.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

O Sindicato Nacional dos Aeronautas convoca os tripulantes associados da empresa Azul Linhas Aéreas para assembleia que será realizada no dia 8 de maio, às 13h30, para prestar esclarecimentos sobre a alimentação a bordo.

Veja o edital completo: https://bit.ly/2Hg6SYq.

Em 26 de janeiro de 2017, foi apresentada denúncia pelo SNA ao Ministério Público do Trabalho de Campinas, que instaurou um inquérito civil para investigar possíveis irregularidades na alimentação servida a bordo das aeronaves da companhia.

O SNA defende a instalação de fornos em todas as aeronaves da empresa, a fim de que sejam servidas refeições quentes em todos os voos ―posicionamento devidamente documentado no inquérito. 

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5531-0318 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770

O SNA finalizou, nesta quinta-feira (3), mais um ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) para instrutores de voo, desta vez para o Aeroclube de São Paulo, após aprovação dos termos pelos trabalhadores em assembleia.

Com isso, o sindicato dá prosseguimento à busca pela regularização dos contratos de trabalho dos instrutores de voo de todo o Brasil.

O acordo, o 26º fechado em todo o país, reafirma a condição desses profissionais de aviação como pilotos de aeronaves, conforme estipula a Lei 13.475/17, assim representados pelo SNA, e prevê, entre outras coisas:

- Remuneração mínima fixa e adicional por hora;
- Adicional noturno e de periculosidade;
- Vale alimentação;
- Seguro de vida;
- Limites de jornada de trabalho e de horas de voo;
- Possibilidade de contratação em tempo parcial, respeitando-se a proporcionalidade com os contratos em tempo integral;
- Repouso mínimo e garantia mínima de oito folgas mensais;
- Garantia de emprego aos acidentados;
- Custeio de revalidações de CMA e CHT;
- Plano de saúde;
- Vale-transporte;
- Fornecimento de uniforme.

O SNA ressalta que continuará trabalhando para a regularização dos contratos de trabalho em todos os aeroclubes e escolas de aviação do Brasil.

Confira a lista de aeroclubes e escolas recomendados pelo SNA e que já regularizaram os contratos de trabalho: https://goo.gl/9G64Dg.

Lembramos por fim que os aeronautas podem e devem denunciar quaisquer irregularidades por meio do e-mail do Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Contamos com a participação de todos.

O SNA se reuniu nesta quinta-feira (3) com a Avianca para apresentar à empresa alguns apontamentos feitos pelos tripulantes em relação à proposta da empresa para a conversão do modelo de remuneração de km para hora de voo, discutida em assembleia no último dia 27 de abril.

Durante a reunião, a empresa recebeu as reivindicações e se comprometeu a analisar e a dar uma resposta ao SNA assim que possível.

Foram feitos apontamentos à empresa referentes à franquia de horas de voo e sobre o valor da hora de reserva/sobreaviso dos comissários que voam as aeronaves wide body e narrow body, que ficaram indexados aos valores de narrow body.

Além disso, foram feitas considerações sobre hora paga para treinamento em simulador para os pilotos, assim como sobre a gratificação dos instrutores de simulador e checadores.

A necessidade da regularização do Sistema Sigla também foi apontada pelo grupo, de forma que seja possível a avaliação da proposta juntamente com o simulador já disponibilizado.

Reforçamos a necessidade de que todos os tripulantes da Avianca utilizem o simulador para que possam comparar como era e como ficaria sua remuneração conforme a proposta apresentada. Caso haja problemas, solicitamos que os informem ao SNA através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., a fim de que possam ser corrigidos.

O SNA recorda que a proposta ainda deverá ser aprovada pelos tripulantes em assembleia específica para esse fim. Em breve, uma nova assembleia será convocada para deliberação a respeito do formato de votação. Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770

O SNA informa que o sistema de telefonia da nova subsede São Paulo está com problemas nesta quarta-feira. Segundo a operadora do serviço, o problema deverá ser resolvido até as 18h desta quarta-feira. Pedimos desculpas pelo transtorno.

Lembramos que a partir deste dia2 de maio a subsede São Paulo funciona em novo endereço, na rua Barão de Goiânia, nº 76.

As novas instalações contam com infraestrutura ampliada para melhor atender à categoria.

Venha conhecer a nova subsede São Paulo do SNA.

Nova subsede São Paulo
Rua Barão de Goiânia, nº 76
Tel.: 11 5090-5100

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo disposto no art. 22, “a” do estatuto da entidade sindical e observados os demais requisitos estatutários e legais, em especial o previsto no art. 20, “b”, do estatuto sindical supracitado, convoca todos os aeronautas instrutores de voo do AEROCLUBE DE SÃO PAULO, para Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 03 de maio de 2018, às 14:00 horas em primeira convocação, e às 14:30 horas em segunda e última convocação no seguinte local: Aeroclube de São Paulo, localizado na Avenida Olavo Fontoura, 650 - Santana - São Paulo – SP, CEP 02012-020, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: proposta de Acordo Coletivo de Trabalho dos instrutores de voo.

Rio de Janeiro, 27 de abril de 2018.

Ondino Dutra Cavalheiro Neto
Presidente

O SNA finalizou, no último dia 26 de maio, mais um ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) para instrutores de voo, desta vez para a MG Escola de Aviação, da cidade de Muriaé (MG), após aprovação dos termos pelos trabalhadores em assembleia.

Com isso, o sindicato dá prosseguimento à busca pela regularização dos contratos de trabalho dos instrutores de voo de todo o Brasil.

O acordo, o 24º fechado em todo o país, reafirma a condição desses profissionais de aviação como pilotos de aeronaves, conforme estipula a Lei 13.475/17, assim representados pelo SNA, e prevê, entre outras coisas:

- Remuneração mínima fixa e adicional por hora;
- Adicional noturno e de periculosidade;
- Vale alimentação;
- Seguro de vida;
- Limites de jornada de trabalho e de horas de voo;
- Possibilidade de contratação em tempo parcial, respeitando-se a proporcionalidade com os contratos em tempo integral;
- Repouso mínimo e garantia mínima de oito folgas mensais;
- Garantia de emprego aos acidentados;
- Custeio de revalidações de CMA e CHT;
- Vale-transporte.

O SNA ressalta que continuará trabalhando para a regularização dos contratos de trabalho em todos os aeroclubes e escolas de aviação do Brasil.

Confira a lista de aeroclubes e escolas recomendados pelo SNA e que já regularizaram os contratos de trabalho: https://goo.gl/9G64Dg.

Lembramos por fim que os aeronautas podem e devem denunciar quaisquer irregularidades por meio do e-mail do Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Contamos com a participação de todos.

Em assembleia realizada nesta sexta-feira (27), o Sindicato Nacional dos Aeronautas prestou esclarecimentos aos tripulantes da Avianca sobre a proposta apresentada pela companhia para a conversão do modelo de remuneração de km para hora de voo.

A empresa revisou a proposta apresentada em 19 de abril com o objetivo de não gerar nenhum tipo de perda salarial aos aeronautas e disponibilizou a mesma para todos os tripulantes através do canal corporativo.

O SNA fez algumas considerações sobre a franquia de horas de voo e sobre o valor da hora de reserva/sobreaviso dos comissários que voam as aeronaves wide body e narrow body, que ficaram indexados aos valores de narrow body.

Também foram feitas considerações sobre a hora paga para treinamento em simulador para os pilotos, assim como sobre a gratificação dos instrutores de simulador e checadores.

Foi suscitada pelo grupo a necessidade da regularização do Sistema Sigla para que seja possível a avaliação da proposta juntamente com o simulador que será disponibilizado.

Por essa razão, é de extrema importância que os tripulantes utilizem o simulador, que segundo a empresa será disponibilizado até o dia 1º de maio, para que possam comparar como era e como ficaria sua remuneração conforme a proposta apresentada.

Lembramos a todos que a proposta terá que passar pela apreciação e aprovação do grupo de tripulantes em assembleia específica para esse fim. Em breve será convocada uma nova assembleia para deliberar sobre o formato de votação.

Fiquem atentos aos nosso meios de comunicação para novidades e para as convocações de assembleias.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770

O Sindicato Nacional dos Aeronautas fez nesta sexta-feira (27) uma assembleia em que prestou esclarecimentos sobre as propostas para alteração do Plano de Carreira de Tripulantes Técnicos da Latam.

As propostas foram elaboradas pelo comitê composto por representantes da Latam, do SNA, da ATT e dos pilotos, que desde fevereiro deste ano tem discutido e negociado a alteração.

Em breve será convocada uma segunda assembleia para deliberar sobre a definição da forma de votação e de apuração.

Por fim, será convocada a assembleia de votação, que deverá ocorrer nos dias, horários e locais definidos pelos pilotos em assembleia.

As propostas são, de uma forma resumida, as seguintes:

1) Lista de Senioridade - modelo em vigor atualmente;
2) Lista Única de Senioridade - LUS;
3) Lista de Antiguidade de Pilotos - LAP;

Clique abaixo e veja os critérios de cada uma das propostas e os reflexos de reposicionamento na ordem de promoção, tendo como base a Lista de Senioridade publicada no MNTT.

Proposta LAP: https://bit.ly/2HoGE6f
Proposta LUS: https://bit.ly/2vHeLRD
Lista de Senioridade: https://bit.ly/2vGXdF8
Lista Única de Senioridade: https://bit.ly/2JkH9Li
Lista de Antiguidade: https://bit.ly/2qULUEm

Ressaltamos que o sindicato tem sido o instrumento de intermediação para resolver essa demanda de alteração do plano de carreira, que tem sido debatida pelo grupo por anos.

Neste processo, o SNA tem feito todos os esforços para dar oportunidade de amplo debate, para que a categoria possa fazer sua escolha.

-----------------------------------------------

* Obs.: A Latam coloca como condições para as proposta:

- Contratação de pilotos conforme necessidade de cada equipamento;
- Critérios para transição de equipamento serão os mesmos publicados no item 28 do MNTT;
- TAM Marília não é considerada nas empresas do tópico 2.2 pelo fato de não pertencer, societariamente, ao grupo Latam.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas informa que a partir do dia 2 de maio de 2018 a subsede São Paulo passará a funcionar em novo endereço, na rua Barão de Goiânia, nº 76.

As novas instalações contam com infraestrutura ampliada para melhor atender à categoria.

Venha conhecer a nova subsede São Paulo do SNA a partir de 2 de maio!

Nova subsede São Paulo
Rua Barão de Goiânia, nº 76
Tel.: 11 5090-5100

post inauguracao sede sna sp

O SNA informa aos tripulantes da Brava Linhas Aéreas que o Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Sul venceu ação civil coletiva em que era cobrado da empresa o pagamento aos aeronautas e aeroviários dos 13º salários de 2013, além dos salários e depósitos fundiários não realizados de dezembro de 2013 até a ruptura contratual com a companhia.

Desta forma, o sindicato solicita aos aeronautas ativos e inativos que tenham trabalhado na Brava Linhas Aéreas entre novembro de 2013 e junho de 2015 que nos enviem documentos que comprovem sua data de admissão e de dispensa, contendo ainda o valor dos salários recebidos. 

Os documento podem ser, por exemplo, a carteira de trabalho associada a holerites do período ou o termo de rescisão de contrato de trabalho. De posse da documentação, o SNA poderá auxiliar o perito contábil na apuração dos créditos de forma individualizada.

Salientamos que outros documentos serão requeridos pelo sindicato e pelo MPT em paralelo, a fim de averiguar a totalidade de aeronautas que serão contemplados pelos pagamentos.

Contudo, a antecipação das informações pelos próprios titulares ajudará o SNA a proporcionar o mais fiel e adequado ressarcimento.

Os documentos podem ser enviados ao e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., especificando no assunto "Processo Brava Linhas Aéreas MPT" e discriminando a função exercida e o período. 

Em caso de dúvidas, contate o departamento jurídico do SNA pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone 11 5531-0318 ramal 101.