O Sindicato Nacional dos Aeronautas informa aos tripulantes da Gol que o pagamento dos valores referentes à ação do DRG, conforme o acordo firmado no processo nº 0103900-54.2008.5.10.0021, terá início no dia 21 de maio.

O acordo foi aprovado pelos aeronautas em assembleia no dia 20 de dezembro de 2016 e homologado pela Justiça no dia 23 de maio de 2017. Confira os termos do acordo: https://bit.ly/2HXhBaO.

O pagamento dos valores foi feito pela Gol ao SNA em dez parcelas. Agora, com a quitação da última parcela, o sindicato inicia o repasse integral dos valores, com correção monetária, aos tripulantes associados, não associados e herdeiros de tripulantes beneficiados.

A solicitação de pagamento poderá ser realizada das seguintes maneiras:

1. Para associados

- SPP (Sistema de Pagamento de Processos)

Acesse o link: http://aer.completo.com.br/area-restrita/#/login

O SPP é um sistema pioneiro e seguro para o pagamento de processos, criado pelo SNA especialmente para seus associados. Com o SPP, é possível solicitar o pagamento de on-line, de qualquer lugar, pelo computador ou pelo smartphone.

O acesso a esse sistema poderá ser feito no link acima ou na página inicial do site do SNA, por meio de ícone específico (Pagamento de Processos).

Após a solicitação, será possível acompanhar em tempo real o status do pagamento no sistema. 

2. Para não associados

- Por correios

O não associado poderá solicitar o pagamento pelos correios, sendo necessário preencher o documento de solicitação de pagamento, disponível no seguinte link: https://bit.ly/2rOU4hg.

Esse documento deverá ser assinado, com firma reconhecida, e deverá ser enviados juntamente com uma (01) cópia dos seguintes documentos (com autenticação recente):

a) RG (Carteira de Identidade), ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou Carteira da Anac;
b) CPF (Cadastro de Pessoa Física) 

A documentação deverá ser enviada por correios, com AR (Aviso de Recebimento), para o seguinte endereço:

Rua Barão de Goiânia, nº 76, Vila Congonhas, CEP 04612-020, São Paulo/SP, A/C Setor Jurídico

3. Para associados e não associados

Tanto associados quanto não associados poderão solicitar o pagamento presencialmente na sede, subsede e escritórios regionais do SNA, a partir do dia 21 de maio. O horário será das 10h às 17h.

Para tanto, será necessário levar o documento de “solicitação de pagamento”, preenchido e assinado, disponível no link: https://bit.ly/2IrgwrU.

Juntamente com o documento, os aeronautas deverão ter em mãos uma (1) cópia e originais dos seguintes documentos:

a) RG (Carteira de Identidade), ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação), ou Carteira da Anac; 
b) CPF (Cadastro de Pessoa Física).

4. Para herdeiros de aeronautas 

- Por correios

O herdeiro de aeronauta contemplado no pagamento poderá solicitar o pagamento pelos correios, sendo necessário preencher e assinar o documento de solicitação de pagamento, disponível no seguinte link: https://bit.ly/2wVjQWQ.

Junto com esse documento, que deverá ser assinado, com firma reconhecida, deverão ser enviados 01 cópia dos seguintes documentos (com autenticação recente):

a) RG (Carteira de Identidade), ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH); 
b) CPF (Cadastro de Pessoa Física);
c)  Certidão de óbito atualizada de até 30 dias;
d) Inventário judicial ou extrajudicial;
e) Declaração de dependentes do de cujus no INSS.

A documentação deverá ser enviada por correios, com AR (Aviso de Recebimento), para o seguinte endereço:

Rua Barão de Goiânia, nº 76, Vila Congonhas, CEP 04612-020, São Paulo/SP, A/C Setor Jurídico

- Presencialmente

O herdeiro também poderá solicitar o pagamento presencialmente na sede, subsede e escritórios regionais do SNA, a partir do dia 21 de maio.

Para tanto, será necessário trazer o documento de solicitação de pagamento, preenchido e assinado. O documento encontra-se no seguinte link: https://bit.ly/2wSb4ZQ.

Juntamente com o documento, os aeronautas deverão ter em mãos uma (01) cópia e roiginais dos seguintes documentos:

a) RG (Carteira de Identidade), ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação);
b) CPF (Cadastro de Pessoa Física);
c)  Certidão de óbito atualizada de até 30 dias;
d) Inventário judicial ou extrajudicial;
e) Declaração de dependentes do de cujus no INSS.

Não será possível realizar a solicitação de pagamento em nome de outras pessoas, mesmo com procuração. Para casos excepcionais, favor entrar em contato com o departamento jurídico do SNA.

Vale ressaltar que após a correta solicitação de pagamento, o SNA terá o prazo de até dez (10) dias úteis para realizar a transferência bancária.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

O Sindicato Nacional dos Aeronautas esclarece aos tripulantes técnicos da Latam que a empresa irá divulgar até o próximo dia 23 de maio, impreterivelmente, uma nova lista referente à proposta LAP (Lista de Antiguidade de Pilotos), uma das duas que foram desenvolvidas e serão colocadas em votação para alteração do plano de carreira.

A lista de pilotos referente à proposta LAP inicialmente divulgada não trouxe critérios de desempate, considerando apenas data de nascimento ―a companhia está fazendo a compilação dos dados para a correta fixação do desempate. Desta forma, a partir de 23 de maio, com a divulgação da nova relação, os tripulantes terão o prazo de mais uma semana para contestar a lista (até 30 de maio).

Pilotos com data de admissão igual estarão com o mesmo número na lista de antiguidade e assim permanecerão até que a empresa apure os critérios de desempate (médias de notas no refreshment; nota Icao; curso superior; pós-graduação; data de nascimento).

Lembramos que duas propostas foram desenvolvidas e serão levadas à consulta dos tripulantes em breve por meio de assembleias ―fiquem atentos às convocações em nossos meios de comunicação.

Clique para ver a proposta LUS: https://bit.ly/2jZKHYL.

Clique para ver a proposta LAP: https://bit.ly/2Gg6wMc.

A proposta LUS (Lista Única de Senioridade), como já é de conhecimento de todos, segue o critério da atual lista de senioridade, colocando o primeiro copiloto atrás do último comandante. Da mesma forma que ocorre na LAP, se forem necessárias admissões para a função de comandante na proposta LUS, estes entrarão no final da lista ―ou seja, esse critério é adotado em ambas as propostas.

Informamos também que, no decorrer da negociação, a empresa tomou algumas posições unilaterais que serão observadas independentemente do resultado da votação das propostas. São elas:

- A Latam não atendeu o pleito do grupo de pilotos oriundos da Tam Marília para consideração da data de admissão nesta empresa no desenvolvimento da Lista de Antiguidade, mantendo o mesmo critério utilizado na Lista de Senioridade publicada em agosto de 2008, conforme regras do MNTT;

- A Latam exige a reiteração de norma atualmente vigente no MNTT, pela qual não há vedação de contratações de pilotos para qualquer equipamento e função, a qualquer momento. A Latam determinou que este entendimento deve ser contemplado qualquer que seja a proposta aprovada;

- Não houve concordância da empresa em questões relativas à transições de equipamento que fizeram parte da reivindicação inicial da LAP, sob alegação de que a promoção para equipamentos Wide não tem qualquer distinção para fins de carreira.

Diante disso, o SNA busca divulgar as propostas da forma mais clara e didática possível, bem como fará com a nova lista de pilotos, já com o ajuste mencionado acima.

Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação para novidades relativas à negociação da alteração do plano de carreira e para a convocação de assembleias.  

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do SINDICATO NACIONAL DOS AERONAUTAS, no uso de suas atribuições que lhes são conferidas pelo disposto no art. 22, “a” do estatuto da entidade sindical e observados os demais requisitos estatutários e legais, em especial o previsto no art. 20, “b”, do estatuto sindical supracitado, bem como o estabelecido no art. 615 da Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT, convoca os aeronautas associados empregados da empresa ABSA AEROLINHAS BRASILEIRAS S/A, para Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 17 de maio de 2018, às 10:00 horas em primeira convocação e às 10:30 horas em segunda e última convocação no seguinte local: Campinas: Auditório Representação do SNA, localizado na Rodovia Santos Dumont, Km 66, s/n, Centro Empresarial Viracopos, 2° andar; para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: A) esclarecimentos sobre negociação de acordo coletivo de trabalho.

Rio de Janeiro, 11 de maio de 2018.

Ondino Dutra Cavalheiro Neto
Presidente

Devido à troca de seu sistema de check-in, que está sendo realizada nesta sexta-feira (11), a Latam informa que algumas funcionalidades do sistema de passe para tripulantes de companhia congêneres estão apresentando problemas.

A orientação para os que não estão conseguindo o boarding pass é que se dirijam ao balcão de Staff Travel ou ao check-in da companhia nos aeroportos.

Os que não estão conseguindo emitir o passe devem enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com antecedência mínima de duas horas do horário do voo, contendo nome completo, CPF, código ANAC, data, horário e número do voo.

Veja a íntegra do comunicado da Latam: https://bit.ly/2jOuohd

O SNA informa aos tripulantes da aviação regular que na virada desta quinta para sexta-feira, à 0h, a Latam irá fazer a troca de seu sistema de check-in ―sai o Amadeus e entra o sistema Sabre.

Desta forma, é importante que todos, especialmente os aeronautas de congêneres no uso de Passe Livre, fiquem atentos às suas programações.

O SNA se reuniu nesta quinta-feira (3) com a Avianca para apresentar à empresa alguns apontamentos feitos pelos tripulantes em relação à proposta da empresa para a conversão do modelo de remuneração de km para hora de voo, discutida em assembleia no último dia 27 de abril.

Durante a reunião, a empresa recebeu as reivindicações e se comprometeu a analisar e a dar uma resposta ao SNA assim que possível.

Foram feitos apontamentos à empresa referentes à franquia de horas de voo e sobre o valor da hora de reserva/sobreaviso dos comissários que voam as aeronaves wide body e narrow body, que ficaram indexados aos valores de narrow body.

Além disso, foram feitas considerações sobre hora paga para treinamento em simulador para os pilotos, assim como sobre a gratificação dos instrutores de simulador e checadores.

A necessidade da regularização do Sistema Sigla também foi apontada pelo grupo, de forma que seja possível a avaliação da proposta juntamente com o simulador já disponibilizado.

Reforçamos a necessidade de que todos os tripulantes da Avianca utilizem o simulador para que possam comparar como era e como ficaria sua remuneração conforme a proposta apresentada. Caso haja problemas, solicitamos que os informem ao SNA através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., a fim de que possam ser corrigidos.

O SNA recorda que a proposta ainda deverá ser aprovada pelos tripulantes em assembleia específica para esse fim. Em breve, uma nova assembleia será convocada para deliberação a respeito do formato de votação. Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770

O Sindicato Nacional dos Aeronautas fez nesta sexta-feira (27) uma assembleia em que prestou esclarecimentos sobre as propostas para alteração do Plano de Carreira de Tripulantes Técnicos da Latam.

As propostas foram elaboradas pelo comitê composto por representantes da Latam, do SNA, da ATT e dos pilotos, que desde fevereiro deste ano tem discutido e negociado a alteração.

Em breve será convocada uma segunda assembleia para deliberar sobre a definição da forma de votação e de apuração.

Por fim, será convocada a assembleia de votação, que deverá ocorrer nos dias, horários e locais definidos pelos pilotos em assembleia.

As propostas são, de uma forma resumida, as seguintes:

1) Lista de Senioridade - modelo em vigor atualmente;
2) Lista Única de Senioridade - LUS;
3) Lista de Antiguidade de Pilotos - LAP;

Clique abaixo e veja os critérios de cada uma das propostas e os reflexos de reposicionamento na ordem de promoção, tendo como base a Lista de Senioridade publicada no MNTT.

Proposta LAP: https://bit.ly/2HoGE6f
Proposta LUS: https://bit.ly/2vHeLRD
Lista de Senioridade: https://bit.ly/2vGXdF8
Lista Única de Senioridade: https://bit.ly/2JkH9Li
Lista de Antiguidade: https://bit.ly/2qULUEm

Ressaltamos que o sindicato tem sido o instrumento de intermediação para resolver essa demanda de alteração do plano de carreira, que tem sido debatida pelo grupo por anos.

Neste processo, o SNA tem feito todos os esforços para dar oportunidade de amplo debate, para que a categoria possa fazer sua escolha.

-----------------------------------------------

* Obs.: A Latam coloca como condições para as proposta:

- Contratação de pilotos conforme necessidade de cada equipamento;
- Critérios para transição de equipamento serão os mesmos publicados no item 28 do MNTT;
- TAM Marília não é considerada nas empresas do tópico 2.2 pelo fato de não pertencer, societariamente, ao grupo Latam.

O comitê composto por representantes da Latam, do SNA, da ATT e dos pilotos, que desde fevereiro deste ano tem discutido e negociado a alteração do atual Plano de Carreira de Tripulantes Técnicos da companhia, apresentou três propostas, resultado deste trabalho, que serão encaminhadas para votação dos pilotos.

Desta forma, serão convocadas pelo SNA três assembleias. A primeira será nesta sexta-feira (27) e servirá para apresentação e esclarecimentos sobre as propostas ―veja o edital com horário e endereços: https://bit.ly/2HOa3WU

A segunda assembleia irá deliberar sobre a definição da forma de votação e de apuração e será convocada em breve.

Por fim, será convocada a assembleia de votação, que deverá ocorrer nos dias, horários e locais definidos pelos pilotos em assembleia.

Tal decisão foi tomada para que o debate e a votação sejam amplos e os resultados reflitam, de fato, a vontade do grupo de pilotos.

As propostas são, de uma forma resumida, as seguintes:

1) Lista de Senioridade - modelo em vigor atualmente;
2) Lista Única de Senioridade - LUS;
3) Lista de Antiguidade de Pilotos - LAP;

Clique abaixo e veja os critérios de cada uma das propostas e os reflexos de reposicionamento na ordem de promoção, tendo como base a Lista de Senioridade publicada no MNTT.

Proposta LAP: https://bit.ly/2HoGE6f
Proposta LUS: https://bit.ly/2vHeLRD
Lista de Senioridade: https://bit.ly/2vGXdF8
Lista Única de Senioridade: https://bit.ly/2JkH9Li
Lista de Antiguidade: https://bit.ly/2qULUEm

- Lista de Senioridade (em vigor, item 28 MNTT)

28.1. Listas de Senioridade

Há somente uma lista para comandantes e uma lista para copilotos, independentemente do tipo de equipamento.

Os comandantes e copilotos avaliados para o estabelecimento da versão 1.0 da Lista de Senioridade foram aqueles que faziam parte do quadro de funcionários da empresa e possuíam contrato de trabalho vigente, com data de admissão até 12/12/2008.

28.2. Critérios Gerais

Foram consideradas, exclusivamente para fins de senioridade, a data de admissão e/ou data do primeiro Ground School para comando em aeronaves, no mínimo turbo hélice bimotor do primeiro contrato de trabalho nas seguintes empresas: Brasil Central Linhas Aéreas Regionais S/A, Helisul Linhas Aéreas S/A, TAM Transportes Aéreos Regionais S/A, TAM Transportes Aéreos Meridionais S/A e TAM Linhas Aéreas S.A., desde que o contrato estivesse em vigor ou que tivesse sido feita sua rescisão e posterior admissão em uma das empresas mencionadas, dentro de um intervalo máximo de 30 dias.

Para efeito de definição da posição nas Listas de Senioridade, conforme abaixo, as horas de voo comprovadas e não oriundas das voadas na LATAM Brasil, foram apenas aquelas apresentadas durante o processo de admissão na empresa. Não foram aceitas horas externas apresentadas em data posterior.

- Lista Única de Senioridade – LUS

Incluir copiloto mais antigo da empresa logo abaixo do comandante mais novo. 

Todos os comandantes e copilotos que forem admitidos na empresa após a criação deste critério serão inseridos no fim desta lista, observados os seguintes requisitos:

1. A atual Lista de Senioridade de Copilotos será posicionada em sucessão ao último piloto que conste na Lista de Senioridade de Comandantes, tonando-se uma lista única.

2. Todas as futuras admissões ou migrações serão posicionadas após o último piloto constante dessa lista, independentemente da função (comandante ou copiloto).

3. Os tripulantes, quando preteridos por necessidade da empresa, terão suas senioridades asseguradas. A respectiva gerência deverá fazer constar em ata a formalização dessa ação.

O tripulante terá até o dia 23/5/2017 para contestar seu reposicionamento na lista, devendo enviar documentos comprobatórios (carteira de trabalho, crachá, data de ground school, etc) para o email:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

- Lista de Antiguidade de Pilotos – LAP

1. Considera a data de admissão ou de migração interna, nas empresas do grupo, para a função de tripulante técnico (piloto), como critério para o posicionamento na lista.

2. Estabelece critérios de desempate, entre as mesmas turmas, para posicionar na LAP os tripulantes técnicos (pilotos) admitidos ou que migraram na mesma data.

3. Estabelece que todas as admissões ou migrações internas, após a implantação da LAP, serão posicionadas após o último tripulante técnico (piloto) , independentemente da função (comandante ou copiloto).

O tripulante terá até o dia 23/5/2017 para contestar seu reposicionamento na lista, devendo enviar documentos comprobatórios (carteira de trabalho, crachá, data de ground school, etc) para o email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


================================================


* Obs.: A Latam coloca como condições para as proposta:

- Contratação de pilotos conforme necessidade de cada equipamento;
- Critérios para transição de equipamento serão os mesmos publicados no item 28 do MNTT;
- TAM Marília não é considerada nas empresas do tópico 2.2 pelo fato de não pertencer, societariamente, ao grupo Latam.

A Ryanair fará roadshows em São Paulo e no Rio de Janeiro, nos dias 5 e 6 de junho, em busca de comandantes e copilotos interessados em trabalhar em diversas bases na Europa. Poderão participar comandantes de B737 NG ou B737 300-500 ou ainda comandantes de outros equipamentos, além de copilotos de B737.

Em todos os casos, não será necessária a carteira europeia, EASA. Os brasileiros podem voar com a licença brasileira por um período máximo de aproximadamente dois anos —após isso, precisam obter a licença europeia.

Para se inscrever, é necessário mandar e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Veja mais informações: https://bit.ly/2HrNirE

Dia 5 de junho
São Paulo – 10h, 14h e 17h
Rua Barão de Goiânia, 76

Dia 6 de junho
Rio de Janeiro – 10h e 15h
Av. Franklin Rosevelt, 194, Centro

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo disposto no art. 22, “a” do estatuto da entidade sindical e observados os demais requisitos estatutários e legais, em especial o previsto no art. 20, “b”, do estatuto sindical supracitado, convoca todos os aeronautas instrutores de voo do PLANO DE VOO ESCOLA DE AVIAÇÃO, para Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 17 de abril de 2018, às 11:00 horas em primeira convocação, e às 11:30 horas em segunda e última convocação no seguinte local: PLANO DE VOO ESCOLA DE AVIAÇÃO, localizada na Rodovia BR101, KM 156, Condomínio Aeronáutico Costa Esmeralda, Hangar 01, bairro Santa Luzia, Porto Belo - SC, CEP 88210-000, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: proposta de Acordo Coletivo de Trabalho dos instrutores de voo.

Rio de Janeiro, 11 de abril de 2018.

Ondino Dutra Cavalheiro Neto
Presidente

Foi realizada nesta sexta-feira (6) a segunda audiência na ação movida pelo SNA contra a Minas Helicópteros, de Belo Horizonte, para a regularização dos contratos dos instrutores de voo. 

Sem sucesso em uma conciliação, o Juízo atendeu a uma solicitação do SNA e determinou que a empresa apresente as carteiras de trabalho e holerites dos aeronautas que trabalharam na escola antes de 2017, além dos diários de bordo de todas as aeronaves operadas pela instituição.

É importante esclarecer que alguns documentos foram inicialmente anexados à defesa, os quais, porém, não atendiam na íntegra o pleito do SNA, pois não demonstravam a realidade da escola dos últimos cinco anos, fato que originou este novo requerimento, que foi acolhido.

Lembramos que, desde 2017, o SNA vem atuando fortemente pela regularização das relações de trabalho dos instrutores de voo que atuam profissionalmente nas escolas de aviação  e aeroclubes de todo o Brasil.

O sindicato continuará atuando na defesa dos direitos dos instrutores, profissionais que estão inseridos na categoria dos aeronautas, e fará essa discussão com todas as escolas de aviação e aeroclubes do país, nas esferas negocial, administrativa ou judicial.

VEJA A ATA DA AUDIÊNCIA: https://bit.ly/2qdqSj4

Em assembleia realizada na segunda-feira (19) em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Jacarepaguá e Macaé, tripulantes de táxi aéreo aprovaram a proposta de termo aditivo à CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) de 2017/2018.

Entre outras coisas, o aditivo prevê:

- Flexibilização da jornada semanal (somente via acordo coletivo);
- Fixação do regime de missão (offshore) em madrugadas consecutivas apenas em operações de manutenção e aeromédico;
- Estabelecimento de regimes de escala de serviço;
- Remuneração por horas ou km;
- Estabelecimento de adicional de 100% para hora noturna (antes era de 50%);
- Inclusão do salário variável na suplementação do benefício previdenciário;
- Novas regras para redução de força de trabalho;
- Aumento da estabilidade para 8 meses em caso de perda de CMA (Certificado Médico Aeronáutico);
- Obrigatoriedade de homologação do termo de rescisão de contrato de trabalho no SNA;
- Possibilidade de fracionamento das férias, a pedido do aeronauta.

Clique aqui para ver todas as mudanças: https://goo.gl/N5DyTF.

O SNA lembra, por fim, que continua em negociação a questão da remuneração do tempo em solo.

Em caso de dúvidas, os tripulantes podem entrar em contato com o departamento jurídico do SNA pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..br ou pelo telefone 11 5531-0318 ramal 12.  

Mais Artigos...