O Sindicato Nacional dos Aeronautas recebeu do Administrador Judicial, Nogueira & Bragança Advogados Associados a nota que segue abaixo:
 
A 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro deferiu, no último dia 31 de julho, novo rateio aos credores das Massas Falidas, após pedido realizado pelo administrador judicial e o gestor judicial, nos autos do processo nº 0260447-16.2010.8.19.0001.
 
O pagamento do segundo rateio da falência será conduzido pelo administrador judicial, Wagner Bragança, através de transferência bancária aos credores cadastrados no link www.cadastrorateio.com.br.
 
O administrador destaca:
 
1.  O saldo remanescente em UFIR de cada credor, após dedução da parcela liberada no 1º rateio da falência (decisão da juíza Fernanda Rosado de Souza no dia 26/11/2015), será corrigido monetariamente pela UFIR-RJ de 2018 (3,2939);
 
2. O valor total de R$ 70 milhões será rateado entre os credores TRABALHISTAS na CLASSE-I, ressaltando que o critério a ser adotado para este 2º rateio é o de distribuição linear por percentual único aplicado ao saldo de cada credor;
 
3. Cabe ressaltar que o NÃO CADASTRAMENTO dos dados bancários implicará na impossibilidade de pagamento dos respectivos valores.
 
NOTA: ainda existem cerca de 40% de credores trabalhistas não cadastrados;
 
4. Somente será aceito cadastramento de conta bancária cujo titular seja o credor identificado pelo CPF no QGC, ou seja, não é possível crédito a CPF de terceiro (não credor);
 
5.  Em relação às reservas, oriundas das projeções superestimadas das multas de 40% do FGTS (cerca de 6.800 provisões), por falta de informações completas da Caixa Econômica Federal, apenas cerca de 20% dos credores cumpriram a entrega do extrato analítico do FGTS (ou ofício RDT ou deferimento de habilitação trabalhista que demanda a citada multa). 
 
O administrador esclarece ainda que a decisão que autorizou o rateio somente produzirá os seus devidos efeitos após a publicação em Diário Oficial, bem como tenha transcorrido o prazo para interposição de eventual recurso por qualquer interessado. Portanto, a data de início do rateio será informada em breve.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas informa que, em virtude do compromisso assumido pela Gol Linhas Aéreas de apresentar uma proposta em relação à ação que busca a reintegração de os aeronautas demitidos em 2012, o processo, que atualmente tramita no TST (Tribunal Superior do Trabalho), ficará suspenso por 60 dias, conforme acordado entre as partes.

Recentemente, a Gol apresentou uma lista de tripulantes que considera que seriam elegíveis para reintegração. O SNA, contudo, impugnou essa relação.

Após essa impugnação, a empresa convocou o sindicato para iniciar tratativas de um possível acordo —a primeira reunião foi realizada nesta quinta-feira (2).

Em breve, o SNA irá convocar uma assembleia para fazer esclarecimentos sobre a ação e sobre as negociações com a Gol para um acordo.

Lembramos que ação foi julgada procedente nas duas primeiras instâncias, que entenderam que foi comprovada redução de força de trabalho sem observação do que prevê a Convenção Coletiva de Trabalho.

Fiquem atentos aos meio de comunicação do SNA para novidades sobre o caso e para a publicação de edital de convocação para assembleia.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770 

O Sindag (Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola) realiza, entre os dias 6 e 9 de agosto, em Maringá-PR, o Congresso da Aviação Agrícola do Brasil.

O evento conta com apoio do SNA.

No dia 8, haverá palestras com o presidente do SNA, comandante Ondino Dutra, com o secretário de Relações Internacionais do SNA, comandante Marcelo Ceriotti, e com o representante agrícola do SNA, comandante Gianni Bozetto.

Pilotos associados ao SNA podem fazer inscrição gratuita usando o código PILOTO.

Acesse o site do congresso: http://sindag.org.br/congressosindag/.

post palestrantes sna sindag2

Em assembleia plebiscitária realizada nesta segunda e terça-feira, dias 30 e 31 de julho, em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Curitiba e Salvador, os tripulantes da Avianca reprovaram a proposta da companhia para a conversão do modelo de remuneração de km para hora, de acordo com o que é previsto na Nova lei do Aeronauta.

Com isso, o SNA irá convocar em breve uma assembleia para que os aeronautas da companhia deliberem sobre os próximos passos a serem tomados a respeito da questão.

CLIQUE PARA VER A PROPOSTA QUE FOI REPROVADA: https://bit.ly/2LRB8XR.

A votação foi secreta, por meio do depósito de cédulas em urnas. A apuração foi feita nesta terça, logo após o fim da votação —50,90% escolheram reprovar a proposta e 49,10% optaram por aprová-la.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770

Após três dias de votação, em assembleia realizada em São Paulo, Guarulhos, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre, os pilotos da Latam escolheram a proposta LAP (Lista de Antiguidade de Pilotos) para a alteração do plano de carreira. Clique para conhecer a proposta vencedora: http://www.aeronautas.org.br/images/Latam_Proposta_de_Antiguidade_de_Pilotos.pdf.


A apuração foi feita nesta sexta-feira (27), logo após o fim da votação —77,00% escolheram a proposta LAP, 20,52% votaram na proposta LUS e 2,48% optaram pela manutenção do MNTT.

Entretanto, a eficácia do resultado fica condicionada ao julgamento do mérito do mandado de segurança que tramita no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região. 

Lembramos que os locais, o formato e o período de votação foram aprovados em assembleia com os pilotos da companhia realizada no dia 30 de maio. Também por decisão do grupo, a votação foi secreta, por meio do depósito de cédulas em urnas lacradas, e ocorreu em locais neutros, em virtude de questões de logística e pela segurança do processo de votação. 

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..br.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770