SNA se reúne com a Azul para tratar de denúncias de tripulantes

Fonte

Em reunião realizada no último dia 25, o SNA discutiu com a diretoria da Azul Linhas Aéreas diversos problemas denunciados por tripulantes, entre eles o sistema de escalas, em especial a impossibilidade de o tripulante recusar alterações realizadas em programações futuras e a inconsistência nas informações referentes ao número de horas de voo realizadas no mês.

Em reposta, a empresa informou que a irregularidade sistêmica, decorrente de uma atualização, será solucionada nos próximos 30 dias.  A Azul salientou ainda que caso o tripulante não queira aceitar a nova programação, deve entrar em contato com a escala.

Quanto às inconsistências no sistema SABRE, que não contabiliza corretamente as horas de voo realizadas no mês, a empresa diz que o aplicativo, já disponibilizado, continua em constante desenvolvimento e deverá passar por melhorias na consulta de dados, com fornecimento exato e em tempo real das horas de voo realizadas, bem como do número de diárias de alimentação devidas nas programações.

Também foi discutida a questão de que, durante a execução da programação, após o aeronauta ter se apresentado, o horário inicial da apresentação era postergado para que os limites diários de jornada não fossem ultrapassados. A Azul confirmou que tal alteração é irregular e deve ser imediatamente comunicada pelos tripulantes, a fim de que seja solucionada.

Outro tema significativo em discussão foi a concessão de férias casadas aos cônjuges, benefício previsto na cláusula 3.7.1 da CCT. A empresa afirmou que todos os pedidos são devidamente avaliados e, sempre que possível, atendidos. Contudo, destacou a importância de a solicitação ser realizada pelo casal, e não apenas por um tripulante.

Sobre as denúncias relativas a avaliação médica após voo “madrugadão” de retorno à base, a empresa afirma já ter tomado todas as medidas para regularizar a situação, de modo que nas escalas de setembro o exame médico foi alocado no começo da programação, logo após a apresentação do aeronauta.

Por fim, em resposta ao questionamento do SNA sobre a abertura de 18 posições na lista de senioridade, foi esclarecido pela empresa que se tratam de vagas para comandantes ATR que serão ofertadas aos pilotos contratados por prazo determinado, no início deste ano.

No início de 2017, de acordo com a companhia, foram contratados comandantes por prazo determinado para suprir as necessidades da empresa, ante o recebimento das aeronaves A320. Após o término do prazo estabelecido neste contrato, serão ofertadas vagas de comandantes ATR a estes profissionais. 

Por consequência, o aeronauta que aceitar a proposta será inserido na lista de senioridade antes dos pilotos que foram contratados em data posterior.

É importante esclarecer que havendo recusa do comandante para assumir uma posição no ATR, o slot correspondente a sua vaga será imediatamente suprimido. Dessa forma, o SNA solicita que os aeronautas da Azul acompanhem a lista e informem acerca de novas alterações. 



BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS