Visando a cumprir o objetivo de trocar informações sobre a utilização do simulador de conversão km/hora da Latam, de debater reclamações e de receber sugestões, o SNA pede aos aeronautas que puderem que enviem, voluntariamente, os dados obtidos em suas simulações para análise.

Para isso, solicitamos que baixem e preencham a seguinte planilha: http://www.aeronautas.org.br/images/planilha_km_hora_latam.xlsx.

A planilha tem quatro abas, sendo três modelos para tripulação técnica e um para comissários.

O sindicato pede que os aeronautas preencham a planilha com os dados da maior quantidade possível de meses, para podermos fazer uma melhor análise.

As planilhas deverão ser enviadas já preenchidas e salvas para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Reforçamos a necessidade de que todos os tripulantes da Latam utilizem o simulador e, sempre que possível, informem ao SNA sobre problemas encontrados. 

Visando atender um pleito dos pilotos da empresa, deliberado em assembleia, em virtude da contratação direta de copilotos no B767, foi realizada na quinta-feira a primeira reunião do comitê criado para debater uma proposta de modificação do plano de carreira dos pilotos.

Os encontros serão realizados todas as quintas-feiras do mês de março ―portanto, mais quatro estão previstos para as próximas semanas.

O intuito da iniciativa é debater o atual plano de carreira e verificar se o mesmo atende aos anseios da maioria dos pilotos da empresa, sempre de forma transparente e de forma a proporcionar que sejam garantidas condições de acesso às promoções e transições de equipamento, através de critérios pré-estabelecidos e privilegiando, entre outros, a meritocracia.

Na primeira reunião, integraram o grupo de trabalho quatro comandantes, dois copilotos, representantes da Latam, do SNA e da ATT. Foram definidas as linhas gerais, as premissas básicas, os prazos das iniciativas e os próximos passos a serem tomados pelo comitê.

Veja os participantes dessa primeira reunião:

Representantes do SNA:
Cmte Cuisse – Diretor
Cmte Tulio – Diretor
Dra Cintia- Advogada

Pilotos convidados pelo SNA:
Cmte Boyd B767
Cmte Valporto A320

Representantes da ATT:
Cmte Baia - Diretor Institucional
Cmte Ferdinand  VP da ATT
Dra Michelle – Advogada

Representantes da LATAM Linhas Aéreas:
Dr Júlio César de Oliveira - Gerente Sênior de RH
Cmte Gianinni - Piloto Chefe
Cmte. Sandro - Gerente Wide Body
Dr Leonardo  – Gerente Jurídico
Dra Milena – Advogada

Pilotos convidados pela LATAM:
Cmte Volpe  - B777
Cop Ailer - A320
Cop Senese – B767
Cmte Volcato – A32O

O SNA e a ATT continuarão com o trabalho de porta-voz das necessidades dos aeronautas perante a empresa, valorizando o respeito e a boa comunicação entre as partes.

Fiquem atentos, qualquer novidade será divulgada em nossos canais de comunicação.

O SNA se reuniu com a Latam na última terça-feira (27) para apresentar o resultado da assembleia realizada um dia antes com os tripulantes da companhia, sobre a conversão km/hora, e para solicitar modificações nas propostas da empresa, muitas delas solicitadas pelos próprios aeronautas.

No dia 26, os aeronautas decidiram em votação aprovar a solicitação da empresa de postergar o início de um eventual novo modelo de remuneração para o dia 1º de abril.

Durante o mês de março, os tripulantes irão utilizar o simulador disponibilizado pela Latam fazer suas avaliações, devendo analisar se o modelo proposto não gera nenhum tipo de perda salarial.

Sobre as propostas apresentadas, o grupo propõe as seguintes alterações:

- Que o modelo 3 da proposta para pilotos seja votado separadamente da proposta de extinção de gratificação/quitação do passivo, permitindo a possibilidade de aceitação dos valores propostos no modelo 3 sem a obrigatoriedade de aceitação da extinção de gratificação/quitação do passivo. Isso corrigiria os problemas identificados nos cálculos do A350 e na hora distinta entre os equipamentos;

- Que o valor da hora de voo para os comissários do widebody seja ajustado para 27,1% do valor da hora proposta para comandante de B777 nos modelos 1 e 3. Com isso, será preservada a proporcionalidade atual entre os valores remunerados em km entre as duas funções;

-Que o texto do descanso do B767 traga mais garantias de utilização dos assentos da classe executiva pelos comissários.

A empresa sugeriu e o SNA aceitou que sejam feitas reuniões semanais, a partir da próxima semana, com objetivo de trocar informações sobre a utilização do simulador, debater reclamações e sugestões recebidas por ambas as partes.

Após esse período de avaliação no simulador, o SNA convocará assembleias para votação, em que os aeronautas vão aprovar ou rejeitar a proposta da empresa ―as votações serão separadas para pilotos e comissários.

Reforçamos a necessidade de que todos os tripulantes da Latam utilizem o simulador e, sempre que possível, informem ao SNA sobre problemas encontrados.

Em assembleia realizada nesta segunda-feira (26), tripulantes da Latam decidiram em votação aprovar a solicitação da empresa de postergar o início de um eventual novo modelo de remuneração, com a conversão de km para hora de voo, para o dia 1º de abril. 

A empresa disponibilizou nesta segunda um simulador on-line para que os aeronautas possam comparar o modelo atual de remuneração e o modelo proposto.

O simulador vai ficar disponível durante o mês de março para que os tripulantes façam suas avaliações, devendo analisar se o modelo proposto não gera nenhum tipo de perda salarial.

Após esse período de avaliação no simulador, o SNA convocará assembleias para votação, em que os aeronautas vão aprovar ou rejeitar a proposta da empresa ―as votações serão separadas para pilotos e comissários. 

Propostas

Foram feitas propostas diferentes para tripulantes técnicos e tripulantes comerciais.

Tripulantes Técnicos – Consiste de três modelos:

VEJA PROPOSTA http://www.aeronautas.org.br/images/_sna/_noticias/Proposta_Latam_KmxHr_TT_SNA2.pdf

Tripulantes Comerciais – Modelo único:

VEJA PROPOSTA: http://www.aeronautas.org.br/images/_sna/_noticias/Proposta_Latam_KmxHr_TC_SNA.pdf

Ressaltamos que estas propostas foram formuladas pela Latam, e não pelo SNA.

Lembramos também que a proposta terá que passar pela apreciação e aprovação do grupo de tripulantes em assembleia. Por fim, destacamos que é de extrema importância a utilização do simulador que a empresa disponibilizou para que o grupo tire suas conclusões sobre as propostas. 

O SNA convoca todos os tripulantes da Latam para assembleia que será realizada na próxima segunda-feira, dia 26 de fevereiro, às 15h30, para apresentação e esclarecimentos sobre a proposta da companhia para a conversão do modelo de remuneração de km para hora, além de deliberação sobre o prazo de início de um eventual novo modelo. Veja o edital completo com os endereços: https://goo.gl/LDDH4K.

Clique aqui para ver detalhes sobre a proposta da Latam: https://goo.gl/B45qQE.

Lembramos que qualquer proposta da empresa terá que passar pela apreciação e aprovação do grupo de tripulantes em assembleia.

Desta forma, o SNA reforça a importância da participação do grupo para deliberar acerca do assunto na segunda-feira, oportunidade em que serão feitos todos os esclarecimentos necessários.

Após análise de dados e de detalhes da proposta, o Sindicato Nacional dos Aeronautas divulga abaixo o que foi oferecido oficialmente pela Latam para a conversão do modelo de remuneração de km para hora de voo. 

A companhia havia encaminhado essa proposta no último dia 9, porém o SNA pediu explicações, que foram dadas em reunião realizada na segunda-feira (19), oportunidade em que a empresa também detalhou o simulador que será disponibilizado a todos os tripulantes para que possam comparar como era e como ficaria sua remuneração conforme a proposta apresentada.

Em breve será convocada assembleia pelo sindicato para o grupo de tripulantes em que faremos um relato das negociações e a tiraremos dúvidas sobre a proposta.

Propostas

Foram feitas propostas diferentes para tripulantes técnicos e tripulantes comerciais ―existe a possibilidade de pilotos trocarem gratificação por outros itens.

Tripulantes Técnicos – Consiste de três modelos:

VEJA PROPOSTA http://www.aeronautas.org.br/images/_sna/_noticias/Proposta_Latam_KmxHr_TT_SNA2.pdf

Proposta 1: Vai gerar distintos  valores de remuneração para os pilotos em cada equipamento da empresa;

Proposta 2: Gera perda para os pilotos do B777 e A350;

Proposta 3: Vai gerar extinção da gratificação e quitação do passivo de reserva e sobreaviso noturno.

Tripulantes Comerciais – Modelo único para duas votações:

VEJA PROPOSTA: http://www.aeronautas.org.br/images/_sna/_noticias/Proposta_Latam_KmxHr_TC_SNA.pdf

1: Transformação do Km para Hora de voo;

2: Proposta de quitação do passivo de reserva e sobreaviso noturno.

Ressaltamos que estas propostas foram formuladas pela Latam, e não pelo SNA.

Lembramos também que qualquer proposta da empresa terá que passar pela apreciação e aprovação do grupo de tripulantes em assembleia.

Por fim, destacamos que é de extrema importância a utilização do simulador que a empresa irá disponibilizar em breve para que o grupo tire suas conclusões sobre as propostas.

Em virtude do que determinaria a Nova Lei do Aeronauta, o SNA e Latam se reuniram em 18/07/2017, em workshop, para esclarecimentos do atual modelo de remuneração, como verbas e benefícios atualmente praticados, visando a construção de um novo modelo que obedecesse a previsão do até então projeto de lei.

Após a aprovação da Lei (28 de agosto de 2017), o SNA e Latam definiram um calendário de reuniões para dar continuidade ao tema.

Ressaltamos que a alteração do modelo de pagamento, ou seja, de km para hora de voo, não está sendo discutida, já que trata de determinação expressa pela Nova Lei do Aeronauta. O tema da discussão são os valores das horas de voo, a fim de que não haja divergência entre o modelo atual e o novo modelo de remuneração.

Diversas reuniões foram realizadas e a premissa do SNA sempre foi a de não aceitar imposição de perdas salariais aos aeronautas.

Em se tratando de uma transição de grande complexidade, foi acordado em Convenção Coletiva de Trabalho a postergação da implementação do novo modelo de remuneração para até 1º de março de 2018.

Ato continuo, as contrapartidas elaboradas pelos aeronautas em Assembleia Geral Extraordinária foram encaminhadas à diretoria da Latam.

Em dezembro, a proposta do modelo de conversão do km para hora foi exibida pela Latam. O SNA solicitou ajustes na proposta, a fim de evitar qualquer prejuízo para os aeronautas.

A proposta final da Latam, com algumas alterações, foi apresentada na última semana.

Esclarece a companhia que disponibilizará aos aeronautas um simulador para comparação e realização de cálculos do novo modelo de remuneração em horas de voo. Informa, ainda, que as mudanças nos sistemas de pagamento somente serão implementadas a partir de outubro de 2018.

A proposta apresentada pela Latam será levada ao conhecimento dos aeronautas através de nossos meios de comunicação logo após a realização de reunião no início da próxima semana, em que será apresentado pela empresa o simulador para comparação e realização de cálculos do novo modelo de remuneração em horas de voo, bem como prestado os últimos esclarecimentos sobre a proposta.

Em breve será convocada assembleia pelo SNA para os seguintes esclarecimentos e deliberações:

1 - Esclarecimentos da proposta: Apresentação do histórico das reuniões e a proposta final da empresa, esclarecendo dúvidas dos presentes, sem deliberação do modelo proposto, pois o período necessário para que todos tripulantes da empresa tenham conforto na decisão dependerá da utilização do simulador;

2 - Deliberação: será deliberado sobre o prazo de trinta dias requerido pela empresa para que os tripulantes realizem, via simulador e individualmente, os testes em seu holerite com o objetivo de comparar o impacto que será causado com o novo modelo proposto. A prorrogação do prazo para implementação do novo modelo de remuneração será objeto de Acordo Coletivo de Trabalho.

O aceite ou não da proposta elaborada pela empresa irá determinar os próximos passos do processo.

Obs.: Caso a deliberação da AGE seja de estender o prazo para realização do simulador, ao final de março será realizada uma nova assembleia para deliberação do modelo com os prazos propostos pela empresa e testado no simulador durante os trinta dias pelos aeronautas.

Obs. 2: Caso a deliberação da AGE seja não estender o prazo de trinta dias para realização do simulador, em 1º de março entra em vigor o pagamento em hora previsto na lei e, não havendo cumprimento, qualquer uma das partes poderá judicializar o seu pleito para discussão.

Por isso, é importante que fiquem atentos aos nossos meios de comunicação para ciência da data em que ocorrerá a assembleia.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas informa aos tripulantes da Latam que recebeu nesta sexta-feira (9) a proposta da empresa para alteração do modelo de remuneração de km para hora de voo.

A proposta já está sendo analisada pelo SNA e será divulgada em sua íntegra em breve. O objetivo do sindicato é garantir que não ocorra nenhum tipo de perda salarial para os aeronautas.

Foi agendada uma reunião entre SNA e Latam para o dia 19 de fevereiro, em que a companhia irá apresentar um simulador que será disponibilizado a todos os tripulantes para que possam comparar como era e como ficaria sua remuneração conforme a proposta apresentada.

A obrigatoriedade da alteração de km para hora está prevista na Nova Lei do Aeronauta, já em vigor, porém este item foi postergado para o dia 1º de março de 2018 como parte do acordo firmado na Convenção Coletiva de Trabalho da aviação regular.

Ressaltamos que qualquer proposta da empresa terá que passar pela apreciação e aprovação do grupo de tripulantes em assembleia.

Fiquem atentos aos nosso meios de comunicação para novidades sobre este processo e para a convocação de assembleia para deliberar sobre o tema.

O SNA e Latam se reuniram na quinta-feira (8) para definir os procedimentos para a formação de um comitê que discutirá a criação de um plano de carreira, conforme pleito aprovado em assembleia pelos tripulantes da companhia no dia 29 de janeiro. 

O comitê será formado por oito tripulantes técnicos, dois diretores do SNA, dois diretores da ATT (Associação dos Tripulantes da TAM) e a empresa.

Como regra para seleção, serão escolhidos pela Latam quatro tripulantes técnicos, dois a favor da Lista Única de Acesso e dois contrários, sendo um comandante e um copiloto a favor e um comandante e um copiloto contra. A regra também se aplica ao SNA.

Formado o comitê, as reuniões se realizarão todas as quintas-feiras, a contar do dia 1º de março, às 16h, na sede da Latam. 

As outras reuniões estão agendadas para 8, 15, 22 e 29 de março.

Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação para novidades e convocações de assembleias.

Venha conhecer mais de perto o trabalho do SNA. Participem conosco desta história.

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região declarou incompetência material da Justiça do Trabalho para julgar a ação movida pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas contra a Latam relativa à alteração das regras da Tamprev (Previdência Complementar Privada), remetendo os autos à Justiça Comum.

O juízo entendeu ser incompetente para analisar a relação jurídica estabelecida entre os aeronautas e a empresa de previdência complementar (Bradesco Vida e Previdência S/A) devido à existência de um contrato civil que prevê as formas de contribuição pela Latam.

A decisão afirma também que a Justiça do Trabalho é incompetente para julgar causas que envolvam complementação de aposentadoria.

O SNA entende que há elementos pertinentes apontados na petição inicial para debate em âmbito trabalhista. Por isso, após oposição de embargos de declaração a fim de sanar omissão encontrada na sentença, será interposto recurso ordinário para abordar a questão relativa à competência material, viabilizando assim o julgamento da demanda.

Desde 1988, a companhia concede a seus empregados, mediante adesão, plano de previdência privada, sendo que as regras mantiveram-se intactas até que, em recente comunicado, a empresa informou aos empregados a alteração nas condições do plano, reduzindo as contribuições patronais de 5% para 3% a partir de 1º de março de 2017. 

A redução das contribuições pela empregadora impacta negativamente o regime de previdência e, por isso, implicaria em alteração contratual irregular.

O SNA, conforme exposto, vai continuar tomando todas as providências cabíveis para defender os direitos dos aeronautas.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5531-0318 ou pelo e-mail juridico@aeronautas.org.br.

Em assembleia realizada nesta segunda-feira (29), tripulantes da Latam deliberaram por aprovar a proposta da companhia para a questão da contratação de copilotos diretamente para o B767 e encerrar o Estado de Greve.

A empresa se comprometeu a fazer a realocação dos oito copilotos contratados do B767 para o A320 até o primeiro trimestre de 2019, bem como a não contratar, no momento, outros oito copilotos que também iriam direto para o B767.

A assembleia também decidiu criar um abaixo-assinado contra as contratações de pilotos para equipamentos que não sejam o base, contra a contratação de comandantes para qualquer equipamento e a favor da criação de um comitê, com a participação dos tripulantes, para elaborar um plano de carreira.

CLIQUE PARA ASSINAR O ABAIXO-ASSINADO: 
https://goo.gl/forms/3AnKMe9dYohbWvNC2

O plano de carreira deverá observar os critérios da Lista única de Acesso, com melhorias a serem propostas pelo comitê. 

Para fins da criação do comitê, a primeira reunião deverá ser realizada até a segunda semana de fevereiro, com prazo de 60 dias para encerramento dos trabalhos e apresentação de uma proposta.

Além disso, os aeronautas pedem a paralisação da contratação de pilotos, exceto na função de copiloto para o A320, não sendo aceitável contratação de comandantes para qualquer equipamento.

O SNA ressalta que continuará acompanhando de perto o tema, sempre em defesa dos direitos dos aeronautas. Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação para novidades e convocações de assembleias.

Venha conhecer mais de perto o trabalho do SNA. Participem conosco desta história.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do SINDICATO NACIONAL DOS AERONAUTAS, no uso de suas atribuições que lhes são conferidas pelo disposto no art. 22, “a” do estatuto da entidade sindical e observados os demais requisitos estatutários e legais, em especial o previsto no art. 20, “b”, do estatuto sindical supracitado, bem como o estabelecido no art. 615 da Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT, convoca os comandantes e copilotos, associados e não associados da LATAM Linhas Aéreas S/A, para Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 29 de janeiro de 2018, às 13:30 horas em primeira convocação e às 14:00 horas em segunda e última convocação no seguinte local: São Paulo: Auditório do Hotel Ibis Congonhas - R. Baronesa de Bela Vista, 801 - Vila Congonhas, São Paulo - SP, CEP: 04612-002 para a seguinte ordem do dia: esclarecimentos e deliberações sobre a contratação de copilotos. 

Rio de Janeiro, 23 de janeiro de 2018.

Rodrigo Spader
Presidente