Nota de pesar – Acidente da Ethiopian Airlines

Fonte
  • Menor Pequena Medium Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O Sindicato Nacional dos Aeronautas lamenta profundamente o acidente aéreo que deixou 157 mortos no domingo (10), próximo a Adis Abeba, na Etiópia ―havia oito tripulantes e 149 passageiros a bordo do Boeing 737 MAX 8, da companhia Ethiopian Airlines.

Em nome da categoria dos aeronautas brasileiros, o SNA se solidariza aos familiares das vítimas.

O sindicato ressalta que qualquer conclusão a respeito de motivos ou culpados pelo acidente neste momento é prematura. 

É necessária uma investigação completa e minuciosa pelos órgãos responsáveis para que todas as respostas demandadas sejam alcançadas de forma correta e precisa, sem sensacionalismo.

Por meio da Ifalpa (Federação Internacional das Associações de Pilotos), da qual é membro-associado e que está acompanhando as investigações do acidente na Etiópia, o SNA já está em busca de informações mais precisas sobre o modelo Boeing 737 MAX 8.

Este é o segundo acidente seguido com um Boeing 737 MAX 8; o outro ocorreu no dia 29 de outubro, quando o avião da Lion Air caiu após a decolagem do aeroporto de Jacarta, na Indonésia, com 189 pessoas a bordo.

O SNA inclusive já enviou ofício à Anc pedindo que a agência avalie as condições técnicas e operacionais do modelo e informe quais medidas pretende tomar. 

Destacamos, porém, que não existe nenhum indicativo até o momento de relação dos acidentes com o modelo do avião e que somente as investigações, em ambos os casos, poderão apontar as reais causas.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS