SNA inicia acompanhamento de Safety Case na Latam e na Latam Cargo

Fonte
  • Menor Pequena Medium Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

No último dia 24 de setembro, o SNA reuniu-se com o departamento de fator humano da Latam para tratar de diversos assuntos relacionados à introdução do RBAC 117, regulamento destinado ao gerenciamento dos riscos da fadiga humana na aviação.

Em especial, foram discutidos os estudos para Safety Case da Latam na rota GRU-MXP-GRU e pra alguns voos da Latam Cargo.

Safety Case - Operação passageiros/carga

Na operação de passageiros, em função do tipo de descanso disponível a bordo das aeronaves B767, será necessário realizar um estudo de caso na rota GRU-MXP-GRU, visto que esta  extrapola os limites previstos nas tabelas do apêndice B do RBAC 117.

Este estudo, o primeiro a ser realizado no país, tem como objetivo medir, através de métodos científicos e o estado de alerta das tripulações.

Além disso, o estudo visa propor, se necessário, medidas mitigadoras para que os níveis de alerta sejam mantidos em níveis iguais ou superiores aos previstos pela Anac.

Na reunião, foram apresentados ao SNA a empresa contratada para efetuar o Safety case, a metodologia escolhida pela consultoria, os recursos utilizados, a amostra e o cronograma previsto para a realização do estudo.

O SNA também participou, no dia seguinte, da entrega de todo o material a ser utilizado por uma das tripulações que está executando o estudo.

A Latam Cargo, devido à natureza da operação de carga, também irá executar um Safety Case para alguns voos que irão exceder os limites prescritivos estabelecidos pelo RBAC 117.

O estudo será conduzido pela mesma empresa contratada pela Latam, com procedimentos similares aos executados na operação com passageiros.

Gagef

O departamento de fator humano da Latam também explicou os protocolos disponíveis para que o tripulante possa efetuar uma chamada de fadiga, bem como diversas estatísticas relacionadas à fadiga nas operações da companhia.

Foi apresentado ainda o funcionamento do Gagef (Grupo de Estudo de Gerenciamento da Fadiga). Este é composto de integrantes de diversos setores da empresa como, por exemplo, escala de voo, operações, safety etc.

Nas reuniões do Gagef são debatidos diversos temas que impactam diretamente na fadiga das tripulações.

A partir do mês de outubro, o SNA irá participar das reuniões do Gagef, conforme previsto na CCT da aviação regular, na Lei 13.475/2017 e no RBAC 117.

Em breve traremos informações atualizadas sobre o assunto.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS