Em assembleia realizada nesta quinta-feira (12), em Campinas, os copilotos da Azul Linhas Aéreas decidiram que realizarão duas manifestações, no dia 19, em Viracopos, e no dia 20, em Congonhas, para expressar seu descontentamento e repúdio quanto à desvalorização da função do copiloto na companhia e preterições na carreira.

Tanto no dia 19, em Campinas, como no dia 20, em São Paulo, a manifestação terá início às 16h e se estenderá até 19h.

Assim, o SNA convoca todos os copilotos da Azul, bem como os outros tripulantes da empresa e os colegas de todas as outras companhias, a comparecer às manifestações.

Os copilotos pedem que a empresa acabe com as contratações diretas de comandantes, prática reiterada da companhia, que tem trazidos prejuízos irreversíveis em suas carreiras.

Além disso, pedem equiparação salarial, haja vista que os copilotos da Azul recebem os menores salários na comparação com qualquer uma das congêneres brasileiras ou do mundo —e ainda têm a maior defasagem em relação aos comandantes.

Mesmo após diversas tentativas de diálogo e negociação com a direção da empresa, a resposta da Azul é de que o modelo de remuneração já era de conhecimento do grupo de copilotos e que não há intenção de fazer alterações.

Além disso, a Azul afirma que os copilotos da companhia têm melhores perspectivas de promoção do que o que se pratica nas congêneres, o que justificaria a defasagem. Porém, com as contratações diretas de comandantes, o grupo tem ficado extremamente prejudicado.

Mais uma vez, o SNA convoca todo o grupo para participar das manifestações.

Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação para os próximos passos.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store

manifestacao azul

O SNA fará nesta quinta-feira, dia 12 de dezembro, às 14h30, em Campinas, uma assembleia para esclarecimentos e deliberações sobre a questão da equiparação salarial dos copilotos da Azul. Veja o edital completo: https://bit.ly/2rlwOvf.

Em reunião com a empresa na segunda-feira (9), a Azul afirmou que os copilotos da companhia têm melhores perspectivas de promoção do que o que se pratica nas congêneres, o que justificaria a defasagem.

Além disso, a Azul afirma que o modelo de remuneração já era de conhecimento do grupo de copilotos e que não tem intenção de fazer alterações.

A empresa afirma também que não tem previsão de fazer novas contratações diretas de comandantes, mas que não pode se comprometer a não fazê-las —a justificativa é a falta de previsibilidade do mercado.

Por fim, a companhia informou que pretende divulgar em janeiro de 2020 seu plano de crescimento de frota e a previsão de promoções de copilotos para o ano.

Desta forma, mais uma vez o SNA convoca todos os copilotos associados para os debates e deliberações nesta quinta. Participe!

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store  

EDITAL CONVOCATÓRIO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Sindicato Nacional dos Aeronautas - SNA, nos termos do seu Estatuto Social, por seu Diretor Presidente, ao final assinado, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo disposto no artigo 27, alínea “a”, combinado com os artigos 20, 21 §4º e §5º, 22, caput e § 2º, 24, 25 “c ” e parágrafo único, “b”, 30, caput, e 31, §1º,  todos do referido Estatuto Social e observados os demais requisitos estatutários e legais, convoca os aeronautas associados ao SNA da AZUL LINHAS AÉREAS BRASILEIRAS S/A, a participarem da Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada no dia 12 de dezembro de 2019, às 14:30h, em primeira convocação, e às 15:000h, em segunda e última convocação, no Ramada Hotel Viracopos, localizado na Rua Sérgio Fernandes Borges Soares, nº 1000, bairro Distrito Industrial, Campinas – SP, CEP: 13054-709, para a seguinte ordem do dia: a) esclarecer e deliberar acerca da negociação de equiparação salarial dos copilotos da Azul.

São Paulo, 05 de dezembro de 2019.

Ondino Dutra Cavalheiro Neto
Diretor Presidente

Em audiência na Justiça do Trabalho realizada na terça-feira (26), sobre o processo coletivo movido pelo SNA para manutenção do plano de saúde da Amil aos aeronautas da Avianca, ficou determinado que a prestadora deve ofertar uma proposta de acordo para que os ex- empregados que optaram por permanecer com o plano possam pagar um preço razoável.

O juízo suspendeu o processo até o fim do recesso forense, em 21 de janeiro de 2020, para que neste período a Amil contate o sindicato para informar sobre sua proposta de acordo.

Ressaltamos que foi mantida a tutela antecipada deferida no dia 2 de agosto, que garantiu a manutenção dos planos de saúde para gestantes, afastados por auxílio-doença e aposentados por invalidez.

Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação para novidades.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição pelo telefone (11) 5090-5100, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo Whatsapp 11 95375-0095 (somente para associados).

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store    

A Latam Cargo rejeitou nesta terça-feira (26) a contraproposta formulada pelos tripulantes associados para firmar um Acordo Coletivo de Trabalho, que fazia reivindicação de 3% de reajuste nas cláusulas econômicas.

A empresa afirmou que não vai abrir mão de sua proposta original de congelamento dos salários e da concessão de compensação por meio do vale alimentação.

Na assembleia realizada na segunda-feira (25), os tripulantes deliberaram que uma das principais premissas seria justamente não aceitar nenhum modelo alternativo para o reajuste salarial.

Desta forma, o SNA convoca os associados da Latam Cargo para uma nova assembleia na sexta-feira, dia 29 de novembro, para decidir quais serão os rumos da negociação a partir de agora.

O edital será publicado em breve.

Fiquem atentos a nossos meios de comunicação.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store   

Na segunda-feira (18), foi publicado o acórdão do julgamento do mérito da ação civil pública movida pelo SNA, em conjunto com a AAPT (Associação dos aposentados e Pensionistas da Transbrasil), no qual o Tribunal Regional Federal da 1ª Região manteve a decisão de primeira instância que condenou a União por atos ilegais promovidos no fundo de pensão Aerus.

Ficou mantida a antecipação de tutela que, desde 19 de setembro de 2014, garantiu o restabelecimento do pagamento dos assistidos, na exata forma como ocorria em 2006.

O SNA fará uma análise profunda do acórdão de modo a buscar a abragência para todas as patrocinadoras.

Ressaltamos mais uma vez que a decisão do TRF-1 de manter a decisão da primeira instância quanto ao mérito da ação foi mais uma importante vitória dos participantes do Aerus nessa batalha judicial.

Lembramos que a tutela antecipada beneficia por ora apenas os assistidos, mas que a ação abrange todos os participantes do Aerus, assistidos e ativos —o SNA espera que em breve todos possam ser beneficiados.

Por fim, destacamos que a União pode recorrer da decisão.

Fiquem atento aos meios de comunicação do SNA para o desenrolar da tramitação da ação.

O SNA fica à disposição para esclarecimentos de dúvidas e para quaisquer outras orientações pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo Whatsapp 11 95375-0095 (somente para associados).

O SNA propôs ação coletiva para cobrar o pagamento e o eventual ressarcimento dos valores pagos referentes às hospedagens e o transporte dos tripulantes da empresa Líder Táxi Aéreo.

Além disso, foi requerido o pagamento da multa prevista na Convenção Coletiva de Trabalho e do dano moral coletivo.

Uma audiência ainda será marcada.

Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação para novidades.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição pelo telefone (11) 5090-5100, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo Whatsapp 11 95375-0095 (somente para associados).

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store

O SNA participou na terça-feira (12) de mais uma audiência no TST (Tribunal Superior do Trabalho) referente à ação coletiva na qual pede a condenação da Gol Linhas Aéreas por redução de força de trabalho em 2012.

Apesar dos esforços do sindicato, ainda não foi possível chegar a uma proposta de acordo, devido divergências em relação aos substituídos da ação coletiva. As partes continuarão as tratativas e retornarão ao TST assim que tiverem uma definição, com ou sem acordo.

O SNA pretende que haja uma definição até o final do mês, para que uma proposta de acordo seja levada a deliberação em assembleia. Caso não seja possível, o sindicato solicitará o prosseguimento da ação.

Fiquem atentos aos meios de comunicação do SNA para novidades.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição pelo telefone (11) 5090-5100, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo Whatsapp 11 95375-0095 (somente para associados).

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store

No último dia 15 de outubro, os aeronautas da Aerotex Aviação Agrícola aprovaram, em assembleia, a proposta da companhia para um Acordo Coletivo de Trabalho.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição pelo telefone (11) 5090-5100, pelo e-mail juridico@aeronautas.org.br ou pelo Whatsapp 11 95375-0095 (somente para associados).

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store   

A segunda instância da Justiça do Trabalho reverteu decisão que havia decretado a extinção de uma ação coletiva proposta pelo SNA em 2014, em que a Avianca é cobrada por alteração salarial lesiva (redução salarial) ligada ao DSR.

A companhia passou a discriminar nos contracheques o valor do DSR sobre a parte variável da remuneração, de modo a reduzir o valor unitário pago por quilômetro.

O objetivo com isso era evitar o aumento em sua folha salarial decorrente de uma outra ação coletiva sobre DSR proposta pelo SNA, relativa ao pagamento deste sobre a parte variável da remuneração.

A primeira instância havia decretado a extinção do processo por entender que as duas ações seriam idênticas.

O Tribunal, por sua vez, compreendeu que uma ação trata do pagamento do DSR sobre a parte variável da remuneração, enquanto a outra diz respeito à redução salarial decorrente da discriminação do DSR no contracheque.

Assim, o Tribunal determinou o retorno à primeira instância e o prosseguimento da ação de alteração salarial para análise de mérito.

Ressaltamos, por fim, que na ação sobre o pagamento do DSR sobre a parte variável da remuneração houve julgamento favorável aos aeronautas nas duas primeiras instâncias, mas a empresa recorreu ao Tribunal Superior do Trabalho —a análise ainda está pendente.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição pelo telefone (11) 5090-5100, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo Whatsapp 11 95375-0095 (somente para associados).

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store

Em assembleia realizada na segunda-feira (4), em Campinas, os tripulantes associados da Azul Linhas Aéreas deliberaram por aprovar a proposta da empresa para o Acordo Coletivo de Trabalho relativo ao PPR (Pagamento de Participação nos Resultados) referente ao exercício de 2019.

O acordo prevê a distribuição de 10% do lucro líquido da empresa, excluindo os efeitos da variação cambial e das despesas e receitas não recorrentes, assim consideradas pela empresa, e deduzindo-se os impostos estabelecidos pela legislação vigente.

A companhia assumiu compromisso de apresentar os valores das despesas/receitas não recorrentes e da variação cambial, já que estes não são apresentados nos demonstrativos contábeis públicos.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100, pelo e-mail juridico@aeronautas.org.br ou pelo Whatsapp 11 95375-0095 (somente para associados).    

Em assembleia realizada nesta segunda-feira (4), em São Paulo, aeronautas associados deliberaram por aprovar o encerramento das representações regionais de Belém, Belo Horizonte, Goiânia, Macaé e Manaus, devido à pouquíssima utilização por parte dos associados.

As representações já estavam fechadas provisoriamente.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100, pelo e-mail juridico@aeronautas.org.br ou pelo Whatsapp 11 95375-0095 (somente para associados).    

Mais Artigos...