Empresas se comprometem a reavaliar proposta financeira inicial para renovação da CCT

Na quarta reunião realizada com o SNA, nesta quinta-feira (4), o Snea (Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias) afirmou que as companhias irão reavaliar a proposta financeira inicial que fizeram aos tripulantes para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da aviação regular para 2021/2022.

Assim, um novo posicionamento deverá ser passado pelas empresas na próxima reunião, marcada para o dia 11 de novembro.

Inicialmente, na reunião realizada na quarta-feira (3), o Snea fez uma proposta inicial bastante aquém da reivindicação da categoria, que pede a correção inflacionária dos últimos dois anos.

A pauta apresentada pelo Snea oferecia reajuste apenas na remuneração variável pelo INPC dos últimos 12 meses, escalonado em quatro trimestres (um reajuste por trimestre, totalizando o percentual do INPC no último trimestre de 2022).

Na reunião realizada nesta quinta, o SNA também pediu esclarecimentos sobre as revisões de cláusulas propostas pelas empresas.

A pauta patronal pede revisão das seguintes cláusulas: Dispensa de Reserva; Madrugadas e Limite de Operação; Início de Gozo de Férias; Dispensa de Exame Médico.

Além disso, as empresas propõem a inclusão de uma cláusula nova, de Base Virtual, com a possibilidade de o tripulante iniciar e encerrar a jornada na base de sua escolha, que não seja a contratual.

Íntegra da proposta inicial do Snea: https://tinyurl.com/rwxysutp

O SNA espera um avanço da proposta das companhias na próxima reunião.

Em momento oportuno, o SNA convocará a categoria para deliberação.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/associe-se-sna
Via Whatsapp: 11 98687-0052
Via app: Procurar SNA no Google Play ou na Apple Store