Nota de pesar Comandante Daniel Barbosa Bonfim, ex-presidente do SNA

20 de agosto de 2019

O Sindicato Nacional dos Aeronautas lamenta profundamente a morte do comandante Daniel Barbosa Bonfim, ocorrida na segunda-feira (19), em São Paulo. Em nome da categoria, o SNA se solidariza com familiares e amigos e expressa suas condolências.

Bonfim, que estava com 86 anos, teve atuação destacada como associado e como dirigente do SNA desde os anos 1950 até a década de 1990.

Comandante da Varig e depois da Vasp, chegou a ser eleito presidente do SNA, democraticamente, em 1975. Porém não chegou a exercer o mandato já que pouco depois de empossado foi preso pela ditadura militar.

Participou das lutas pela aposentadoria especial e pela primeira regulamentação da profissão de aeronauta. A aposentadoria foi sancionada em dezembro de 1958, e a regulamentação, em maio de 1961.

Participou dos movimentos de paralisações e greves dos tripulantes em 1985, 1987 e 1988 por melhorias nas condições de trabalho e manteve-se ativo no movimento político-sindical até meados dos anos 90, sempre ao lado do SNA.

Recentemente, participou do projeto Memória SNA e esteve na sede São Paulo para receber uma homenagem e contar um pouco de sua história, ao lado de sua esposa, Rita Valéria Bonfim, que foi comissária e também teve participação ativa no SNA.

O comandante Bonfim era nosso associado mais antigo e certamente marcou a história do SNA e da aviação brasileira com todos esses anos de luta pela categoria. Em nome de todos os aeronautas, agradecemos e prestamos nossa reverência, afirma o presidente do SNA, comandante Ondino Dutra.

DANIEL BARBOSA BONFIM

entrega placa bonfim